Coleção: 20 poucos anos e o mar

Desde que me conheço por gente, eu migro com os meus pais de casa em casa, de cidade em cidade, de estado em estado, na busca por oportunidades, estabilidade financeira e pertencimento. Mesmo estando há anos em uma mesma cidade e casa, parece que ainda nos falta o pertencimento e o afeto. Talvez seja por isso que muitos dos meus processos tragam uma busca incansável de algo maior. Nicolas Bourriaud, em seu livro ‘Radicante: por uma estética da globalização’, descreve o “artista radicante” como um inventor de percursos, nômade que, juntando aos poucos os signos, constitui novas paisagens culturais. Sendo assim, o artista abre-se, ao longo de sua trajetória, a sucessivos replantios, quais geram frutos e flores de acordo com o solo que o acolhe. 

 A série, ’20 poucos anos e o mar’, foi criada durante uma rápida viagem de dois dias até Vitória, no Espirito Santo. Era de manhã, umas 7h, quando meu corpo despertou naturalmente com o desejo de caminhar pela beira do mar. Eu já sabia que isso iria ocorrer, pois durante a minha infância meus momentos favoritos era correr de encontro com o azul e colher conchas de diferentes tamanhos. Pode parecer místico acreditar que daqueles encontros, aos finais de semana, restaram duas coisas para recordar: a liquidez e uma coleção repleta de miudezas, que também já foi casa de alguém. Gosto de me referir como alguém que guarda memórias salgadas, e era isso que repetia enquanto tirava o celular da bolsa e fotografava as ondas - minhas memórias tem gosto de sal. 

1 produto
  • 20 poucos anos e o mar
    20 poucos anos e o mar -  Roberg Galeria
    Preço normal
    R$ 1.458,00
    Preço promocional
    R$ 1.458,00